O quarto álbum do grupo de rap Racionais MC´s, “Sobrevivendo no Inferno”, foi tema do projeto Conexões Negras, na sexta-feira, 17, no canal do Núcleo Cultural no YouTube. Gravado em 1997, pelos músicos: Mano Brown, Edi Rock, Ice Blue e KL Jay, o disco é considerado um marco cultural da música brasileira, discutindo o racismo e a violência contra a população negra.

O apresentador desta semana foi o mestre em Ciências do Movimento Humano (PPGCMH /UFRGS) e licenciado em Educação Física, Denis Angelo. Para ele, apesar do álbum falar sobre a periferia de São Paulo, jovens de outras cidades brasileiras também se identificavam. Denis fala da importância e da atualidade do álbum como expressão artística completa e que, recentemente, foi tema de vestibular na Unicamp.

O apresentador afirmou ainda que, naquele momento histórico, o grupo causou um forte impacto, destacando a violência, o racismo e a exclusão e apresentando, inclusive, dados. “Um soco na boca do estômago na sociedade capitalista do Brasil. Quatro jovens pretos da periferia, falando aquilo que a classe dominante não queria escutar: os problemas sociais retratados em forma de arte, poesia e literatura”. Assista ao vídeo e acompanhe as próximas edições. Sexta-feira é dia de Conexões Negras.

O projeto do Geab (Grupo de Estudos Afro-brasileiros), em parceria com o Núcleo Cultural, quer contribuir para fomentar a educação antirracista, fortalecer as políticas afirmativas na universidade e estimular novos pontos de vista, livres de preconceito.