Acesso à informação
  • A-
  • A
  • A+
  • Alto contraste
  • Colorido
Programa de Doação de Corpos

O Programa de Doação de Corpos para o Ensino e Pesquisa em Anatomia Humana, desenvolvido pela disciplina de Anatomia, visa organizar e aperfeiçoar o processo de doação voluntária de corpos, em vida, para a UFCSPA. O objetivo deste projeto é desenvolver uma campanha de informação e conscientização para a população geral e comunidade acadêmica sobre a possibilidade da doação de corpos em vida. Esta campanha é fundamental para informar aos interessados o que é e como proceder à doação.

 

Corpos humanos são essenciais para o ensino e a pesquisa na área da saúde. Para que haja uma formação plena dos profissionais que nela atuam, é necessário que, durante a sua formação, eles tenham a oportunidade de estudar a anatomia diretamente em corpos humanos, e não somente em moldes artificiais e livros. O contato com o cadáver é fundamental, além de sua contribuição para o aprofundamento do aprendizado anatômico, na formação humanística dos alunos e sua percepção acerca das limitações e do enfrentamento da morte.

 

O estudo da Anatomia Humana é essencial para uma formação adequada de qualquer profissional da área da saúde, tanto por permitir o conhecimento estrutural e inequívoco dos componentes corporais quanto por desenvolver a capacidade de observação e o respeito ao corpo humano. Entretanto, a carência de cadáveres para o ensino e a dificuldade de obtê-los determinou, em alguns países, a opção por técnicas que utilizam modelos artificiais e o estudo em 3D para suprir esta lacuna. Porém, a literatura tem demonstrado que o contato do profissional da saúde em formação com o cadáver é indispensável para o aprendizado da anatomia e compreensão da morfofisiologia humana e fenômenos patológicos. Além disso, esta proximidade é fundamental na formação humanística dos alunos, que aprendem a respeitar o ser humano e a condição de vulnerabilidade em que se encontram, além de perceber e refletir sobre as limitações humanas e a lidar com a morte como um fato da vida. Assim, a necessidade da obtenção permanente de corpos, de maneira a manter um padrão elevado no ensino-aprendizagem em anatomia, desencadeou a nível mundial a busca de soluções que fossem definitivas. Muitos países como a Áustria, França, Portugal, Alemanha, Romênia, China, EUA, Nova Zelândia, Coréia do Sul,  Japão e Tailândia já utilizam corpos doados para o ensino da anatomia, assim como o Brasil, com legislação que regulamenta este processo de doação.

 

Em decorrência deste cenário foi desenvolvido o Programa de Doação de Corpos para Ensino e Pesquisa da UFCSPA, implantado em 2008. Este programa fez com que esta instituição pudesse disponibilizar aos seus alunos maior quantidade de material (peças anatômicas) para o ensino de anatomia. Isto propiciou o desenvolvimento de atividades de extensão como o curso Oficina de Dissecação que gerou a produção de material didático de excelente qualidade para o ensino em aulas práticas de anatomia. A partir deste material diferenciado, foi possível promover a oportunidade de mostrar as comunidades interna e externa, como os corpos doados a esta universidade são utilizados para o ensino, através de uma exposição temporária denominada “Museu de Anatomia”. 

 

Assim, ser doador não significa apenas auxiliar neste processo de aprendizagem, mas também representa  um ato altruísta que deve levar em consideração o benefício das gerações futuras, as quais irão dispor destes profissionais e dos avanços científicos por eles proporcionados.


Veja mais informações sobre como realizar a doação.

 

O Programa de Doação de Corpos na Mídia 

 


Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre
Rua Sarmento Leite, 245 - Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil - CEP 90050-170
Fone +55 (51) 3303-9000 - facebook.com/UFCSPA - @UFCSPA - youtube.com/UFCSPA



© 2009-2018 UFCSPA